Japão anuncia candidatura a sede das Copas de 2018 e 2022

Federação de Futebol do país conta ainda com a escolha de Tóquio como anfitriã da Olimpíada 2016

AE-AP, Agencia Estado

30 de janeiro de 2009 | 09h26

O Japão anunciou nesta sexta-feira que vai apresentar sua candidatura a sede das Copas de 2018 e 2022. O presidente da Federação Japonesa de Futebol, Motoaki Inukai, condicionou o sucesso da candidatura japonesa à escolha de Tóquio como sede dos Jogos Olímpicos de 2016 - Rio, Chicago e Madri também estão na disputa."Se Tóquio não vencer, será fisicamente impossível para nós receber a Copa do Mundo", afirmou Inukai. O projeto da campanha de Tóquio prevê a construção de um Estádio Olímpico de 120 mil lugares, que poderia ser usado também na final da Copa do Mundo.O Japão sediou o Mundial de 2002 em parceria com a Coreia do Sul, e usou o Estádio Internacional de Yokohama para realizar a decisão. Mas o estádio, o maior do país, só tem capacidade para 72 mil espectadores, e a Fifa exige pelo menos uma arena com 80 mil lugares para os países que quiserem receber os Mundiais de 2018 e 2022.A escolha será feita de uma só vez pela Fifa em dezembro de 2010, e o prazo de apresentação das candidaturas acaba na próxima segunda-feira - já se apresentaram Indonésia, Austrália, Catar, Inglaterra e as campanhas conjuntas de Espanha-Portugal e Bélgica-Holanda-Luxemburgo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolJapãoCopa 2018Copa 2022

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.