Japão desiste de disputar a Copa América na Argentina

O Japão desistiu definitivamente da disputa da Copa América, que acontece entre 1.º e 24 de julho, na Argentina. A seleção asiática, convidada do torneio, já havia feito anuncio semelhante logo após os tsunamis que assolaram aquele país, em 11 de março, mas depois voltou atrás da decisão.

AE-AP, Agência Estado

16 de maio de 2011 | 21h00

Néstor Benítez, porta-voz da Conmebol, afirmou à agência de notícias Associated Press que "nas próxima horas, uma reunião entre os membros da Conmebol e o comitê organizador da AFA (Associação de Futebol Argentino) decidirá quem vai substituir o Japão".

De acordo com o porta-voz, o presidente da Associação Japonesa de Futebol, Junji Ogura, enviou carta a Nicolás Leoz, presidente da Conmebol, argumentando que seu país está muito atarefado em reconstruir as áreas devastadas e salvar vidas, acrescentando que teria muitos inconvenientes para reunir seus principais jogadores, que atuam na Europa e não seriam liberados.

A favorita para ficar com a vaga do Japão é a seleção da Costa Rica, que já havia solicitado um convite em 2010. O time da América Central comporia o grupo 1 com Argentina, Colômbia e Bolívia.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolJapãoArgentinaCopa América

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.