Japão pega Equador como preparação para o Brasil

A seleção do Japão, dirigida pelo técnico brasileiro Zico, encara o amistoso contra o Equador, nesta quinta-feira, às 7h20 (horário de Brasília, com transmissão da SporTV), em Oita, como uma forma de preparação para enfrentar o Brasil na Copa do Mundo, na Alemanha. Para o treinador, o que menos importará nesta partida será o resultado. "Nos amistosos, o que menos importa é o resultado. Só queremos jogar contra a escola sul-americana, que une habilidade e força. Será muito importante para nós", avaliou Zico.O brasileiro não poderá escalar seus dois melhores jogadores - Nakata, do Bolton (Inglaterra), e Nakamura, do Celtic (Escócia) -, já que o amistoso não está marcado numa data da Fifa, em que os clubes são obrigados a ceder seus atletas. Além disso, Zico ganhou o desfalque, de última hora, do volante Yasuhito Endo, que se machucou no último final de semana.Na seleção equatoriana, o técnico Luiz Fernando Suárez também terá ausências importantes. Os quatro jogadores mais importantes não foram liberados pelos seus clubes - De la Cruz, do Aston Villa (Inglaterra); Iván Hurtado, do Al Arabi (Arábia Saudita); Tenório, do Al Sadd (Qatar); e Ivan Kaviedes, do Argentinos Juniors (Argentina).Na Copa do Mundo, o Japão será o último adversário do Brasil no Grupo F. Antes, terá pela frente a Austrália e a Croácia. No Grupo A, o Equador jogará contra Polônia, Costa Rica e Alemanha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.