Jardel pede para sair do Sporting

Jardel está a um passo de deixar o Sporting, clube com o qual conquistou os títulos do Campeonato Português e da Copa de Portugal da temporada de 2001-2002. O centroavante que marcou 42 gols no torneio da Série A local pediu nesta quinta afastamento do time, sob a alegação de que não tem condições psicológicas de continuar em Portugal. O principal artilheiro da Europa vive momento delicado, porque está em processo de divórcio de sua mulher Karen.O pedido de Jardel surpreendeu apenas em parte os dirigentes da equipe com a qual tem contrato ainda por dois anos. O atleta havia acenado com a possibilidade de sair, ao pedir para atrasar sua reapresentação, após o período de férias. Ele ficou alguns dias a mais em Fortaleza para resolver a pendência pessoal. Assim que regressou a Lisboa tentou despistar, ao declarar que sua preocupação era a de ?fazer gols, como sempre?. Em seguida, foi à sede do Sporting, para conhecer a decisão da diretoria a respeito do pedido de sair do país, pelo menos por algum tempo. A solicitação não foi aceita e Jardel não se conformou. Por isso, convocou entrevista na sede do Sindicato dos Jogadores Profissionais e expôs os motivos que o levaram a interromper parceria que deu certo. ?Minha grande preocupação é a ajuda médica, de que necessito e vou procurar?, avisou. ?Espero que o Sporting compreenda e, junto com meu procurador, encontre solução para eu sair.?Jardel garante não ter propostas, nem do Barcelona, conforme especulou a imprensa portuguesa. O Sporting deve anunciar ainda neste sábado se abre mão de seu principal atacante, com o qual contava já para os duelos com a Inter de Milão, pela fase prévia da Copa dos Campeões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.