Gabriela Biló/Estadão
Gabriela Biló/Estadão

Jardine revela ter o plano de testar Hernanes e Nenê juntos no São Paulo

Técnico pretende achar uma forma de encaixar os dois jogadores no time titular

Ciro Campos, O Estado de S.Paulo

21 Janeiro 2019 | 11h00

O técnico do São Paulo, André Jardine, manifestou no sábado estar preocupado em como resolver uma dúvida no time titular. O intuito dele é conseguir encaixar o time titular o meia Hernanes e o atacante Nenê. Os dois teoricamente disputariam a mesma vaga na formação, mas o treinador está disposto a encontrar um esquema tático em que os dois tenham espaço.

Nenê foi um dos destaques da vitória da equipe por 4 a 1 sobre o Mirassol, pelo Campeonato Paulista, no Pacaembu. O jogador atuou como armador e fez boas jogadas, como uma cobrança de falta no travessão, e participação na construção dos gols. "É o tipo de dor de cabeça boa, um elenco forte. Jogadores de alto nível, os dois são (Hernanes e Nenê). Cabe a mim encontrar um momento de tornar o São Paulo competitivo e encaixar os melhores jogadores, o que não é tão fácil", disse Jardine.

Hernanes não estreou por não estar com a documentação regularizada. A tendência é o meia poder estrear na quinta-feira, contra o Novorizontino, fora de casa. A partida pode representar, portanto, a oportunidade para Jardine testar o posicionamento dos dois. Na passagem anterior pelo São Paulo, em 2017, Hernanes atuou como armador e foi o destaque da equipe naquela temporada.

"Hernanes já jogou algumas vezes como segundo volante, mas ele prefere jogar como um terceiro homem de meio-campo, um pouco próximo do ataque. Tem poder de finalização acima de média, com as duas pernas e cabeceio, mas ele também está disposto a ajudar. Vai caber a mim encontrar um sistema que o privilegie", disse Jardine. O meia Hernanes foi ao Pacaembu acompanhar o jogo e participou da preleção antes da partida.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.