Jayme de Almeida culpa árbitro por derrota do Flamengo no México

Treinador reclama dos dois pênaltis marcados por José Hernando Buitrago

Agência Estado

13 de fevereiro de 2014 | 10h29

LÉON - O técnico Jayme de Almeida apontou o árbitro colombiano José Hernando Buitrago como responsável direto pela derrota do Flamengo na sua estreia na Copa Libertadores. Na noite de quarta-feira, o time foi batido pelo León, do México, por 2 a 1, em partida válida pela primeira rodada do Grupo 7 da Copa Libertadores.

"Deu dois pênaltis que não foram nada, expulsou um jogador nosso e deu um monte de amarelo, e nada para o time mexicano. Tenho 60 anos, mas nunca vi um árbitro tão ruim como ele", disse. "Ele apitou muito mal, não gosto de ficar falando disso", completou o treinador flamenguista.

Na quarta-feira, o Flamengo teve o volante Amaral expulso aos 11 minutos do primeiro tempo por uma falta violenta cometida em Montes. Depois, o time ainda teve dois pênaltis marcados a favor do León - o atacante Boselli converteu apenas um deles.

Derrotado na estreia na Libertadores, o Flamengo agora volta as suas atenções para o Campeonato Carioca. Vice-líder, com 16 pontos, o time entrará em campo neste domingo, às 16 horas, para enfrentar o rival Vasco em clássico marcado para o Estádio do Maracanã.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.