Jayme exime zagueiro Erazo por erros no Fla-Flu: 'Perdemos todos'

Equatoriano estava mal posicionado em pelo menos dois gols do Fluminense

Agência Estado

09 de fevereiro de 2014 | 11h04

RIO - A torcida do Flamengo parece já ter encontrado um jogador para pegar no pé em 2014. O equatoriano Erazo foi expulso na estreia pelo clube, em uma goleada contra o Macaé e, neste sábado, se posicionou mal em pelo menos dois gols do Fluminense. Nas costas dele saíram o primeiro e o segundo gols da vitória tricolor por 3 a 0 no Fla-Flu.

O técnico Jayme de Oliveira, porém, preferiu eximir o equatoriano de culpa pela derrota. "A falha não acontece sozinha, ela é da defesa, que deixou o rapaz (Michael, no primeiro gol) saltar sozinho. Mas isso não pode voltar a acontecer. Jogar tudo nas costas do Erazo é maldade. Quando perde, perdemos todos. Era uma derrota que não queria, mas não podemos caçar cabeça de jogador", comentou o treinador do Flamengo.

Ele não deixa de admitir, porém, que o Flamengo poderia ter evitado os gols que tomou. "O Fluminense foi mais competente, por erros nossos na defesa. O time fez um primeiro tempo bom, depois lutou até o final, resultado não veio, mas os gols saíram por bobeiras nossa", admitiu Jayme.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.