Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Jean avalia que Palmeiras pecou por se cobrar demais neste ano

Jogador lamenta expectativas elevadas para o clube, que por enquanto tem pequenas chances de título nesta temporada

O Estado de S. Paulo

21 de setembro de 2017 | 20h30

O período de calendário mais tranquilo e de expectativas mais baixas para o Palmeiras tem feito o elenco realizar uma autoanálise sobre o que deu errado para o clube no ano. Nesta quinta-feira foi a vez de o lateral-direito e volante Jean explicar os erros da temporada ao atribuir os fracassos nas competições em 2017 ao excesso de cobrança interna por títulos.

"Ganhamos o campeonato no ano passado, fizeram um investimento maior ainda e foi esperado que a gente pudesse buscar a Libertadores. Mas isso acabou não acontecendo. Então, criou um peso muito grande e nós mesmos nos colocamos e puxamos isso de forma desproporcional. Não tinha necessidade", comentou o jogador. Para esta temporada o Palmeiras investiu mais de R$ 100 milhões em contratações, fora ter prometido uma premiação de R$ 40 milhões a ser pagos pela patrocinadora, a Crefisa, em caso da conquista de todos títulos.

O técnico Cuca também se preocupou com essa questão emocional e no cotidiano tem trabalhado para amenizar o clima e tranquilizar os jogadores. "Quando for para acontecer, vai acontecer de forma natural. Nem sempre o melhor time vai vencer. Quem estiver mais tranquilo, está em vantagem. Criamos ou peso muito grande e não conseguimos", lamentou Jean.

O Palmeiras nesta temporada se viu eliminado do Campeonato Paulista, Copa do Brasil e Copa Libertadores. A equipe ainda mantém a esperança no Campeonato Brasileiro de alcançar o líder, o Corinthians, apesar de a diferença ser de 13 pontos a 14 rodadas do fim. Na opinião de Jean, o mesmo nervosismo e pressão que atrapalharam o Palmeiras, podem afetar o Corinthians. "Depende do clube, de como vão lidar com tudo isso. O maior adversário do Corinthians será ele mesmo, sobre como vai agir diante de oscilações que são normais", disse.

TREINO

O técnico Cuca comandou um treino fechado nesta quinta-feira à tarde para preparar a formação que vai enfrentar o Fluminense, domingo, no Rio, pelo Campeonato Brasileiro. A atividade teve a presença de jogadores que vinham sendo poupados, como Jean, Edu Dracena, Moisés e Dudu. Para o jogo do fim de semana o treinador volta a contar com o zagueiro Luan e o atacante Willian, que cumpriram suspensão na última rodada.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.