Jean cobra liderança dos mais experientes no Flamengo

Zagueiro pede sabedoria ao grupo para que equipe se afaste da zona de rebaixamento do Brasileirão

AE, Agência Estado

13 de setembro de 2010 | 14h08

O zagueiro Jean cobrou nesta segunda-feira uma posição de liderança dos jogadores mais experientes do elenco neste momento complicado vivido pelo Flamengo, que luta para se distanciar da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. O time ocupa a 16.ª posição e enfrenta o Prudente, quarta-feira, fora de casa, pela próxima rodada da competição.

"Estamos vivendo um momento de aprendizado. Precisamos usar a sabedoria para administrar essa situação. Os jogadores mais experientes precisam chamar a responsabilidade e passar tranquilidade para os mais jovens. Isso contribuirá muito para que o time saia dessa situação incômoda a partir de quarta-feira", afirmou o jogador, que tem 30 anos e é um dos mais velhos do elenco flamenguista.

Recém-contratado, o atacante Diogo, de apenas 23 anos, cumpriu suspensão na rodada passada depois de ter sido expulso na partida contra o São Paulo, no Morumbi. Agora, diante do Prudente, ele acredita que os jogadores do Flamengo precisam ser mais frios para definir as jogadas ofensivas - a equipe amarga o fato de possuir o pior ataque do Brasileirão, com apenas 16 gols marcados. "Realmente sentimos uma ansiedade maior do que o normal, mas não dá certo entrar em campo sem tranquilidade. O jogo desta quarta é fundamental e precisamos conseguir uma vitória", disse.

Diogo ainda ressaltou que o Flamengo não pode reclamar de um possível azar em alguns lances do empate por 2 a 2 com o Vitória, na rodada passada, em Volta Redonda. "Deu para perceber que o time está realmente evoluindo. Mostramos um bom poder de reação na última rodada, mas não adianta ficar aqui falando que nos faltou sorte. Precisamos trabalhar forte para superar as adversidades".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.