Ciro Campos/Estadão
Ciro Campos/Estadão

Jean pede para torcida do Palmeiras ter paciência com o trabalho

Lateral prevê que time vai se acertar aos poucos e minimiza tropeço diante do Ituano

Ciro Campos, Estadao Conteudo

14 Fevereiro 2017 | 11h58

O lateral-direito Jean defendeu nesta terça-feira o desempenho do Palmeiras e o trabalho do técnico Eduardo Baptista neste começo de temporada. Após a derrota para o Ituano por 1 a 0, no domingo, a equipe recebe o São Bernardo na quinta-feira, também pelo Campeonato Paulista, para se recuperar e amenizar, na opinião do jogador, críticas que têm sido injustas sobre o rendimento do time neste início de ano.

"É começo de um trabalho. É difícil ter um resultado tão rápido. Vamos procurar conversar para assimilar", afirmou Jean. O treino do Palmeiras nesta terça-feira começou com uma conversa entre o elenco e Eduardo Baptista. O substituto de Cuca no comando do time tem uma vitória nos quatro primeiros jogos da temporada, retrospecto que inclui os dois amistosos contra Chapecoense e Ponte Preta - ambos terminaram empatados.

Jean disse entender a expectativa da torcida por resultados expressivos do Palmeiras, mas pediu paciência para aguardar a evolução do trabalho do treinador. "A pressão temos que deixar da porta para fora. Nada disso pode interferir no nosso trabalho. Nós não vamos conseguir de 82 jogos no ano, ganhar todos. Não será no primeiro ou no segundo jogo que vamos mostrar 100%. Aos poucos vamos mostrar onde podemos chegar", explicou.

A equipe atual campeã brasileira trouxe nove reforços para a temporada e, por isso, o lateral admite que a pressão por bons resultados será grande. "O Palmeiras tem investido alto, ganhou títulos nos últimos anos. Ser favorito fora de campo é uma coisa, dentro de campo, demonstrando a cada jogo, é outra", comentou Jean.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.