AP
AP

Jedinak é escolhido para ser o capitão da Austrália na Copa do Mundo

Meia vence a concorrência com o experiente Tim Cahill e usará a tarja no mundial

Agência Estado

21 de maio de 2014 | 08h57

SYDNEY - O meia Mile Jedinak foi anunciado, nesta quarta-feira, como capitão da Austrália para a Copa do Mundo. O jogador do Crystal Palace, da Inglaterra, teve a preferência do técnico Ange Postecoglou na disputa contra Tim Cahill, hoje o mais conhecido jogador australiano em atividade.

A mudança se fez necessária porque Lucas Neill, capitão há seis anos, não foi convocado para a Copa. Atualmente no Doncaster Rovers, que acaba de ser rebaixado para a terceira divisão inglesa, o zagueiro tem longa história pela seleção australiana, tendo participado das Copas do Mundo de 2006 e 2010.

Jedinak, seu substituto, jogou 43 vezes pela seleção da Austrália e deve permanecer como capitão por mais alguns anos, uma vez que tem apenas 29 anos. Foi isso que fez ele ganhar a disputa com Cahill, do New York Red Bulls, que tem 34 anos e vai para sua terceira e provavelmente última Copa do Mundo.

Outro jogador que estará na Copa do Mundo pela terceira edição seguida com a camisa da Austrália, Mark Bresciano foi escolhido para ser vice-capitão, mesmo posto que terá Cahill no Brasil.

A Austrália está no difícil Grupo B da Copa e vai enfrentar, na primeira fase, as equipes finalistas do Mundial passada - Espanha e Holanda -, além do Chile. É deste grupo que virá o adversário do Brasil numa potencial oitavas de final.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.