Jefferson celebra atuação decisiva em volta ao Botafogo e diz que cogitou parar

Goleiro foi ovacionado pela torcida após mais de um ano parado

Estadão Conteúdo

10 de julho de 2017 | 10h46

Dificilmente o goleiro Jefferson poderia ter um retorno melhor ao gol do Botafogo. Após ficar mais de um ano sem entrar em campo por causa de graves lesões, ele brilhou na noite de domingo, sendo o grande responsável pelo empate da sua equipe por 1 a 1 com o Atlético Mineiro, no Engenhão, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Afinal, Jefferson defendeu a cobrança de pênalti de Rafael Moura e ainda realizou outras intervenções difíceis.

Satisfeito e emocionado com o seu retorno, Jefferson comentou o drama que passou nos últimos meses, o que incluiu até o pensamento de se aposentar dos gramados. "O que eu passei nesse ano parado foi bem difícil. Pensei até em parar. Muitos não acreditavam na minha volta. Estou como Lazaro, Deus me ressuscitou para dar continuidade aos meus sonhos. Não acabou ainda", disse o goleiro, que precisou passar por duas cirurgias.

Ovacionado pela torcida do Botafogo, Jefferson recebeu a oportunidade de enfrentar o Atlético-MG porque o paraguaio Gatito Fernández está lesionado. Por isso, o seu próximo passo vai ser recuperar a titularidade da meta da equipe. Nesse momento, porém, o seu desejo é apenas celebrar a grande atuação e sua volta aos gramados.

"Gratidão a Deus, à torcida, à minha família... Só queria curtir esse dia. Estou feliz no Botafogo. Quando visto essa camisa é sangue no olho, vontade, raça. Estou ai para ajudar a equipe e recuperar o meu espaço. É muito bom poder voltar a ouvir as pessoas gritando meu nome, me chamando de melhor do Brasil. Essa torcida é nota 10", exaltou Jefferson, agradecendo o apoio recebido no período em que esteve afastado dos jogos.

O empate com o Atlético-MG deixou o Botafogo com 16 pontos e em décimo lugar no Brasileirão. O time volta a jogar na próxima quarta-feira, quando vai encarar o Fluminense, no Maracanã, pela 13ª rodada.

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolBotafogoCampeonato Brasileiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.