Jejum de vitórias não incomoda Botafogo

Depois da vitória do Palmeiras sobre o Sport na quarta-feira, o jogo do Botafogo contra o time pernambucano, lanterna do quadrangular final da Série B do Campeonato Brasileiro, sábado, no estádio Caio Martins, ganhou ainda mais importância. Os jogadores da equipe carioca e o técnico Levir Culpi sabem que qualquer tropeço atuando em casa será decisivo para as pretensões de voltar à primeira divisão.O Botafogo está com 2 pontos no quadrangular, ao lado do Marília. Enquanto isso, o Palmeiras já tem 4 e o Sport ficou com a lanterna, somando apenas 1 ponto.O fato de o Botafogo não vencer há quatro rodadas consecutivas parece não abalar a confiança dos atletas e do treinador. Segundo Levir, será "o jogo mais importante do ano". Para o zagueiro Sandro, capitão do time, esse jejum de vitórias não significa que a equipe esteja caindo de produção. Sandro destacou que o Botafogo terá de se preocupar com as jogadas aéreas e com a velocidade da equipe pernambucana. "Eles vão vir como se fosse a última chance do campeonato, o que é verdade, por que se perderem vão estar praticamente fora da primeira divisão", afirmou o zagueiro.Sempre irreverente, o atacante Leandrão, que não faz gol há quatro jogos, já descobriu de forma inusitada o motivo do seu jejum pessoal e do time do Botafogo nesta reta decisiva da competição. "Vou cortar o cabelo. Só quando estou maluco é que faço gols. Vou entrar com um novo visual, sábado, e tenho certeza de que voltarei a marcar", prometeu. O zagueiro Edgar, com dores no púbis, e o meia Valdo, com o antebraço esquerdo fraturado, foram reavaliados nesta quinta-feira pelos médicos do clube e podem desfalcar a equipe.O próprio Valdo já admitiu que só deverá ter condições de atuar no dia 15, no segundo jogo contra o Sport, em Recife. Levir Culpi também está apreensivo. Para ele, esse tipo de contusão dura, no mínimo, seis semanas de recuperação. Para compensar a provável ausência dos dois, o técnico contará com o lateral-direito Márcio Gomes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.