Jô dá vitória ao Corinthians no Pacaembu

O Corinthians não precisou se esforçar muito para vencer o Vitória por 1 a 0, hoje à noite no Estádio do Pacaembu, e manter o sonho da classificação para a Taça Libertadores. O gol foi marcado por Jô, aos 27 minutos do primeiro tempo. No intervalo, os jogadores das duas equipes se reuniram no meio-de-campo para a homenagem ao zagueiro Serginho, do São Caetano, durante o minuto de silêncio antes do reinício.O Corinthians sempre teve o controle do jogo. Sem muita criatividade, mais na base do entusiasmo, a equipe de Parque São Jorge tomou a iniciativa, enquanto o adversário mostrava muitos erros na defesa: não é por coincidência que é a mais vazada do Campeonato Brasileiro. Além de se posicionar mal, os zagueiros da equipe baiana apresentaram deficiência técnica.O Vitória arriscava vários chutes de longa distância, aproveitando-se do fato de que uma das torres de iluminação do Pacaembu não estava funcionando corretamente. Mas o goleiro Fábio Costa estava atento e nada permitiu ao ataque adversário.O gol do Corinthians acabou nascendo de uma jogada individual de Édson, pela direita, aos 27 minutos: ele passou por três adversários antes de tocar a bola para Jô, que teve tranquilidade para colocá-la no canto alto direito do goleiro Juninho.Gil teve uma boa chance minutos depois e o Vitória, em uma cobrança de falta, quase chegou ao gol de empate; mas os seus atacantes foram incompetentes na hora de concluir o rebote do goleiro depois da cobrança de Cléber.Quando a bola voltou a rolar no segundo tempo, o Corinthians teve a chance de ampliar, com Fabinho: mas a bola bateu no travessão. Depois o time se acomodou. E, no final, por pouco não sofreu o gol de empate, em um chute de Obina em que a bola bateu no travessão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.