Bruno Cantini/Divulgação
Bruno Cantini/Divulgação

Jô passa em branco, mas time reserva do Atlético-MG vence

Jogo-treino contra o Minas Boca, da 2ª divisão de Minas Gerais, acaba em 3 a 0 com gols de Giovanni Augusto, André e Tiago

Estadão Conteúdo

22 de janeiro de 2015 | 20h04

Um dia depois de o time principal vencer o Shakhtar Donetsk, em amistoso, a equipe reserva do Atlético-MG entrou em campo nesta quinta-feira, na Cidade do Galo, para fazer um jogo-treino contra o Minas Boca, da segunda divisão de Minas Gerais. Não aproveitado no Independência, o centroavante Jô foi escalado para a atividade desta tarde, mas passou em branco.

Dos 11 jogadores que começaram a partida contra os ucranianos, só Rafael Carioca foi titular também no jogo-treino. O time, assim, foi montado com: Giovanni; Patric, Tiago, Emerson e Pedro Botelho; Josué, Rafael Carioca, Danilo Pires e Dodô; Maicosuel e Jô. Josué não ficou até o fim do primeiro tempo, foi substituído por Pierre, e foi direto para o vestiário.

De volta após ser afastado por indisciplina, Jô pouco se movimentou e passou em branco junto com todo o time. Os gols só saíram na segunda etapa, quando entraram os reservas dos reservas. Giovanni Augusto, de falta, André e Tiago marcaram. Uilson; Carlos Cesar, Jesiel, Tiago e Emerson Conceição; Pierre (depois Serginho), Lucas Cândido, Giovanni Augusto e Marion; Cesinha e André foi o time escalado. Só Tiago atuou os 90 minutos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolAtlético-MG

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.