Jô perto de marca centenária aos 18

Ninguém no Parque São Jorge tem saudade de Gil e até Kia Joorabchian não vê mais Vágner Love como obsessão. O motivo é Jô. O atacante de 18 anos cresceu demais nos últimos meses e está próximo de marca impensável alguns anos atrás. Contra o Santos, completará 98 partidas pelo Corinthians.Orgulhoso, afirma: "Eu só tenho 18 anos e daqui a três rodadas chegarei a 100 jogos com esta camisa tão importante. Tudo para mim está acontecendo rápido demais. Fui também o atacante mais jovem a marcar pelo Corinthians. Tinha só 16 anos. Aos poucos estou conseguindo meu espaço. E olha o quanto tem de estrelas por aqui."Quando era juvenil, o Corinthians teve uma proposta do Manchester United pelo jovem atacante. No início do ano, o clube belga Anderlecht tentou contratá-lo e a diretoria corintiana negou outra vez. A proposta foi de US$ 2,5 milhões. No mês passado, a diretoria do CSKA queria envolvê-lo de qualquer maneira na possível transação de Vágner Love. Kia foi aconselhado a não deixar o jovem atacante sair. "Soube que tive algumas propostas. Mas não liguei, porque o Corinthians não quis me liberar."Jô ainda disse mais: "Conversei muito com o meu pai e decidimos que no momento é melhor ficar aqui no clube por mais alguns anos. Sou muito jovem. Preciso amadurecer um pouco antes de ir para a Europa." "O Jô é um menino maravilhoso. Aplicado, esforçado e com muito talento. Ele tem um excelente potencial. Por isso não vai sair daqui do Corinthians, não", diz Márcio Bittencourt, o técnico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.