Gabriela Biló/Estadão
Gabriela Biló/Estadão

Jô se esquiva sobre gol polêmico e diz que Corinthians aprendeu a sofrer

Atacante destaca forma do time alvinegro para esquecer eliminação da Copa do Brasil

Daniel Batista, O Estado de S. Paulo

23 de abril de 2017 | 18h13

Autor do gol do Corinthians que garantiu o empate por 1 a 1 com o São Paulo, o atacante Jô se esquivou sobre a legalidade de seu gol e disse que a equipe alvinegra chega na decisão do Campeonato Paulista mais preparada para superar as dificuldades.

“Nossa identidade está sendo essa. A gente está aprendendo a sofrer. É um time que briga bastante e estamos de parabéns por mais uma final”, disse o atacante, autor de cinco gols em cinco clássicos na temporada.

Em relação ao lance do gol, Jô estava bem à frente dos marcadores quando mandou a bola para a rede de Renan Ribeiro, mas a dúvida ficou sobre um suposto desvio de Lucas Pratto, o que validaria o gol do atacante. Jô negou que tenha faltado fair play na jogada, como fez Rodrigo Caio, no primeiro jogo da semifinal.

“Não dá para ver se eu estava ou não impedido e se desviou em alguém. O lance foi muito rápido e é difícil falar em fair play neste momento”, disse o jogador, que comemorou o fato da equipe ter provado que esqueceu a eliminação para o Internacional. “A gente tem jogadores com maturidade para esquecer o jogo do Inter e focar no São Paulo. Entramos motivados e cientes da importância do jogo”, comentou.

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.