Jô se prepara para o futebol russo

As malas já estão preparadas. As blusas e casacos também. Aos 18 anos, o atacante Jô curte seus últimos meses de Corinthians. No começo de 2006, embarcará para a Rússia. A partir do ano que vem, será atleta do CSKA Moscou e jogará ao lado de Dudu Cearense, Daniel Carvalho e Vágner Love.O garoto está em fase final de recuperação da fratura no tornozelo direito. E está com fome de bola, louco para voltar a tempo de ajudar o Corinthians a confirmar o título nessa reta final de Campeonato Brasileiro.Agência Estado ? Como está o tornozelo?Jô ? Melhorando. Já voltei a treinar com bola nessa semana. Estou muito ansioso depois de ficar quase dois meses só em tratamento (ele se machucou na partida anulada contra o São Paulo, dia 7 de setembro). Senti um pouco de receio no começo, mas, agora, não sinto mais nada.AE - O Mineiro foi maldoso naquele lance?Jô - Foi um lance normal. Poderia ter acontecido com qualquer um. Ele só entrou firme na disputa e eu dei azar de enroscar o pé. Não guardo mágoas, até porque fiquei sabendo que ele mandou desculpas através de alguns companheiros.AE - Você se machucou justamente no jogo de estréia do Nilmar. Nem deu para brigar por vaga com ele...Jô - Ah, mas eu estou feliz com o bom futebol que ele está mostrando. Vou voltar justamente na hora do filé mignon. Nada melhor depois de roer tanto o osso. Ainda mais agora que estamos bem perto do título.AE - Mas com uma vantagem dessas, o Corinthians ainda pode perder o título?Jô - Claro que dependemos só da gente, mas não podemos achar que está ganho. O Atlético (Paranaense) estava bem perto do título no ano passado e perdeu. Só quando não tiver mais chance de sermos alcançados matematicamente poderemos comemorar.AE - E como foi a viagem para a Rússia? Gostou de lá?Jô - Foi bem legal. Conheci o presidente do clube e conversei com os brasileiros que estão por lá. Moscou é uma cidade sem comentários. Uma das maiores do mundo, tem diversos pontos turísticos. Claro que faz muito frio. Mas se o Daniel Carvalho e o Vágner Love agüentam, por que eu não?AE - E está realmente tudo acertado com o CSKA?Jô - Já assinei um pré-contrato. Em janeiro eu devo ir definitivamente. Ainda não tenho a data. O contrato tem duração de quatro anos. Estou muito feliz. Será uma grande mudança para mim e para meus pais, que vão junto.AE - E como foi o contato com o Vágner Love? Ele vai voltar?Jô - Não sei muita coisa sobre isso. As coisas estão indefinidas. Parece que ele vem. Mas também está tranqüilo, esperando. Ele já mudou um pouco desde que houve todo aquele assédio, mas vai depender da proposta que chegar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.