Gabriela Bilo/Estadão
Gabriela Bilo/Estadão

Jô tem contrato regularizado, será inscrito e jogará quinta pelo Corinthians

Após voltar do futebol japonês, atacante deve ser a novidade do time para o jogo contra o Red Bull Bragantino

Redação, Estadão Conteúdo

27 de julho de 2020 | 13h46

O atacante Jô está livre para reestrear pelo Corinthians. Nesta segunda-feira, o centroavante teve seu contrato regularizado junto à CBF pelo clube. O próximo passo é incluí-lo na lista de inscritos da equipe para o Campeonato Paulista. Com isso, poderá ser aproveitado na partida de quinta-feira contra o Red Bull Bragantino, no Morumbi, pelas quartas de final do Estadual.

Com a regularização, Jô já consta no Boletim Informativo Diário da CBF, solucionando um impasse que o impediu de participar das duas últimas partidas do time no Paulistão, diante de Palmeiras e Oeste.

O atacante chegou ao clube após rescindir seu contrato com o Nagoya Grampus de modo litigioso, mas o time japonês ainda não havia enviado a documentação do jogador ao Corinthians.

Jô foi anunciado como reforço pelo clube em 17 de junho e precisará superar a inatividade nesta nova passagem pela equipe, pois ainda não atuou em 2020. Na quarta-feira, ficará com a vaga do atacante argentino Mauro Boselli, que sofreu fratura na face e passou por cirurgia nesta segunda-feira. E sua regularização vem em ótimo momento, pois o clube não possui outro centroavante no elenco à disposição do técnico Tiago Nunes.

Para estava nova passagem pelo Corinthians, Jô assinou contrato até o fim de 2023 e vai vestir a camisa de número 77. Formado nas divisões de base do clube, está com 33 anos e teve outros dois períodos na sua carreira como atleta do time. Ele soma 43 gols marcados em 179 jogos tendo sido campeão paulista em 2017 e do Campeonato Brasileiro em 2005 e 2017.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.