Arquivo/AE
Arquivo/AE

Joachim Löw diz que Ballack voltará a ser capitão da Alemanha

Técnico garante que jogador não perdeu prestígio na seleção, mesmo sem jogar desde setembro

AE, Agência Estado

26 de dezembro de 2010 | 13h41

O técnico Joachim Löw mostrou que as portas da seleção alemã estão abertas para Michael Ballack ao declarar que o meia voltará a ser o capitão da equipe quando for convocado. O jogador, atualmente no Bayer Leverkusen, perdeu a Copa do Mundo da África do Sul e não atua desde setembro por conta de uma lesão na perna esquerda.

"Ele será o capitão quando ele voltar. Eu sei o quanto ele trabalha no seu retorno e quer jogar futebol. Ele precisa de treino e jogo. Quando ele voltar, isto se resolve por si só", afirmou Löw, em entrevista ao jornal Welt am Sonntag, garantindo que Ballack não perdeu o prestígio na seleção alemã.

A situação, porém, não parece ser tão simples quando o treinador tenta mostrar. Capitão da Alemanha no Mundial da África do Sul, o Philipp Lahm declarou anteriormente que não pretende perder o posto. Além disso, Oliver Bierhoff, diretor da seleção alemã, disse que o retorno de Ballack ao time poderia causar uma situação incômoda.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.