Friedeman Vogel / EFE
Friedeman Vogel / EFE

Joachim Löw renova contrato com a seleção alemã até a Copa de 2022

No comando desde 2006, treinador permanecerá até a Copa do Catar

Estadão Conteúdo

15 Maio 2018 | 11h54

Joachim Löw permanecerá à frente da seleção da Alemanha até o final da Copa de 2022, no Catar. Foi o que ficou definido nesta terça-feira, quando a Federação Alemã de Futebol anunciou ter acertado a renovação do contrato do treinador, um mês antes do início do Mundial da Rússia.

+ Löw divulga lista preliminar da Alemanha para Copa com Neuer e sem Götze

+ Iniesta diz que se aposentará da seleção espanhola após a Copa do Mundo

Além de ampliar o contrato de Löw, que em sua versão anterior iria até a Eurocopa de 2020, a entidade também fez o mesmo com outros membros da sua comissão técnica. Foi o caso do assistente Thomas Schneider e do treinador de goleiros Andreas Köpke, que também passam a ter acordos válidos até 2022.

A federação alemã também anunciou ter renovado o contrato de Oliver Bierhoff, gerente-geral da seleção nacional, até 2024, assim como do seu assistente, Marcus Sorg.

Löw está à frente da seleção alemã desde que sucedeu Jürgen Klinsmann ao fim da Copa do Mundo de 2006. Naquela edição do torneio, que foi disputada na Alemanha, ele era auxiliar técnico da equipe, que terminou na terceira posição.

Desde então, o ex-meio-campista do Freiburg conduziu a seleção alemã ao menos até as semifinais de todos os principais torneios que disputou. A Alemanha foi vice-campeã da Eurocopa em 2008, terceira colocada na Copa de 2010, semifinalista no torneio continental em 2012, campeã mundial em 2014 e novamente semifinalista na Eurocopa de 2016.

Sorteada para o Grupo F da Copa do Mundo, a Alemanha vai estrear na Rússia contra o México, em 17 de junho. Depois, enfrentará a Suécia, no dia 23, e a Coreia do Sul, no dia 27.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.