Bernadett Szabo/Reuters
Bernadett Szabo/Reuters

João Cancelo, lateral português, é 1° caso de covid-19 registrado na Eurocopa

Jogador do Manchester City será um destaque de peso, pois era uma das apostas do esquadrão luso pelo forte apoio ao ataque

Redação, Estadão Conteúdo

13 de junho de 2021 | 10h36

Foi registrado neste domingo o primeiro caso de covid-19 da Eurocopa. O lateral-direito João Cancelo, de Portugal, testou positivo e desfalcará a seleção na competição. Ele será substituído por Diogo Dalot, da equipe sub-21 e atualmente jogador do Milan.

De acordo com o protocolo de covid-19 definido pela Uefa antes dos jogos do Euro 2020, todos os jogadores e integrantes do staff da seleção portufuesa realizaram testes PCR no sábado. João Cancelo, do Manchester City, foi o único que testou positivo.

"Diogo Dalot vai substituir João Cancelo, que deu positivo para Covid-19 na sequência de um rápido teste do antígeno realizado neste sábado pela unidade de saúde e desempenho da FPF. As autoridades sanitárias húngaras foram imediatamente informadas e o jogador, que está bem, foi colocado em isolamento", informou a Federação Portuguesa.

A seleção do astro Cristiano Ronaldo está em Budapeste fazendo a preparação para a estreia de terça-feira, diante da Hungria. Neste domingo pela manhã, Cancelo já não esteve nas atividades em campo. Será um destaque de peso, pois o atleta de 27 anos, era uma das apostas do esquadrão luso pelo forte apoio ao ataque.

"O resultado do teste efetuado pela unidade de saúde e performance foi confirmado por um teste RT-PCR efetuado em João Cancelo também no sábado e cujo resultado foi conhecido na manhã de domingo."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.