Governo SP
Governo SP

Pressionado, João Doria anuncia volta de torcida aos estádios em São Paulo a partir de 4 de outubro

Em um primeiro momento, apenas 30% das arquibancadas estarão liberadas para público; clubes faziam muita pressão na decisão de veto do governador

Redação, O Estado de S.Paulo

23 de setembro de 2021 | 22h47

O governador João Doria anunciou nesta quinta-feira a liberação do retorno do público aos estádios em São Paulo. A partir de 4 de outubro, 30% das arquibancadas poderão receber a presença de espectadores. Os espaços serão liberados gradualmente até atingirem a lotação máxima. O mandatário estadual vinha sofrendo muita pressão por parte das entidades esportivas e dos clubes paulista. Estados como Rio e Minas Gerais, por exemplo, já estavam com seus portões abertos.

Segundo Doria, em 15 de outubro, metade (50%) dos lugares nas arenas poderão ser ocupados por torcedores. E, finalmente, em 1º de novembro, 100% das arquibancadas estarão liberadas.

Diante da liberação de público em outros Estados, os clubes paulistas (Corinthians, Palmeiras, São Paulo e Santos) estavam se sentindo prejudicados, mas não se opuseram publicamente às restrições impostas e acataram as decisões anteriores.

Para ingressar nos estádios, os torcedores terão de apresentar comprovante de vacinação completo (duas doses de Coronavac, AstraZeneca ou Pfizer ou dose única da Janssen). Caso tenha apenas uma dose, o torcedor deverá levar um teste antígeno feito 24h antes ou PCR com resultado obtido há 48h.

O primeiro jogo a receber público em São Paulo deve ser entre Corinthians e Bahia, agendado para 5 de outubro. Dois dias depois, o São Paulo recebe o Santos. No dia 9 de outubro, o Palmeiras enfrenta o Red Bull Bragantino em sua casa. No dia seguinte, será a vez do Santos rever sua torcida no jogo com o Grêmio. Todas as partidas são válidas pelo Campeonato Brasileiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.