JF Diório/AE - 12/02/2012
JF Diório/AE - 12/02/2012

João Filipe nega mágoa com Emerson Leão no São Paulo

Antes nem relacionado para os jogos, zagueiro agora desfruta a condição de titular do time com o técnico Ney Franco

FERNANDO FARO, O Estado de S. Paulo

31 de julho de 2012 | 16h29

SÃO PAULO - A troca de comando no São Paulo alterou o status de João Filipe no time. Antes "encostado" com Emerson Leão, que não costumava nem relacioná-lo para os jogos, o zagueiro conquistou a condição de titular com Ney Franco. Apesar disso, o zagueiro garante que não guarda mágoas do antigo treinador, mesmo que não tivesse muitas oportunidades.

"Não tem fantasma do Leão. Ele era o nosso treinador, o nosso líder, tínhamos que respeitar suas decisões. Ele não vinha me colocando para jogar, mas continuei trabalhando. Agora o Leão passou, é outra história. Está o professor Ney que tem me escalado e espero trabalhar para continuar jogando", disse.

Com as novas chances no São Paulo, João Filipe admitiu que agora está mais confiante. "Todo jogador é assim. Eu não estava jogando com o professor Leão, mas aguardei, não me desesperei. Quando Milton Cruz assumiu, ele gosta muito de mim, foi uma das pessoas que me ajudou a trazer para o São Paulo, me colocou novamente no time e correspondi. Estou com essa oportunidade e espero segurá-la por muito tempo", afirmou.

João Filipe acredita que o São Paulo terá dificuldades diante do Bahia, quarta-feira, em Salvador, mas precisa se impor para encaminhar a classificação para a próxima fase da Copa Sul-Americana. "É um jogo complicado, mas somos o São Paulo. Vamos entrar pra tentar conseguir um resultado positivo. Se não der, tentaremos o empate para conseguir um resultado positivo em casa e ir para a próxima fase", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.