Vitor Silva / Botafogo
Vitor Silva / Botafogo

João Paulo culpa oscilação por mais uma derrota do Botafogo no Brasileirão

Equipe está na 14º posição, apenas um ponto acima da zona de rebaixamento do Brasileirão

Redação, Estadão Conteúdo

17 de novembro de 2019 | 22h10

O Botafogo voltou a tropeçar neste domingo, quando visitou o Athletico-PR e perdeu por 1 a 0, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela 33.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Foi a sétima derrota consecutiva do time carioca atuando como visitante. Na saída do gramado, o meia João Paulo culpou a oscilação da equipe durante os 90 minutos por mais um revés. Ele ainda cobrou mais atenção no time.

"A gente tem oscilado nas partidas, seja dentro ou fora de casa. Hoje (domingo), talvez no nosso melhor momento no jogo, acabamos levando o gol. Não estamos conseguindo ter atenção para sanar esses erros. Vamos trabalhar para buscar a reabilitação diante do Corinthians", disse.

O técnico Alberto Valentim preferiu citar a falta de agressividade do Botafogo, que pouco assustou o Athletico-PR. "A gente precisava ter vindo mais agressivo. Mais agressivo defensivamente para roubar mais bolas na intermediária e procurar jogar mais. A gente jogou pouco, fizemos poucas tentativas de jogadas que treinamos. É difícil se você não incomodar o adversário", comentou.

Com a derrota, o Botafogo ficou com os mesmos 36 pontos, só que agora na 14.ª posição. Tem um ponto a mais que o Cruzeiro, primeiro time na zona de rebaixamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.