Divulgação
Divulgação

Jobson vai parar na delegacia em São Caetano do Sul por desacato

Bêbado, jogador teria pedido para amigo fugir de blitz com seu carro; ele diz que não fez nada

08 de abril de 2013 | 14h20

SÃO PAULO - O atacante Jobson, do São Caetano, não consegue se afastar das confusões. Já se envolveu com drogas, faltou a treinos, agrediu a mulher e agora foi parar na delegacia, em São Caetano do Sul, por tentar escapar de uma blitz e ofender policiais nesta madrugada.

De acordo com informações da TV Record, o jogador, que estava alcoolizado, pediu a um amigo não habilitado que dirigisse seu carro. O condutor tentou acelerar quando se aproximou de uma blitz, mas acabou cercado pelos policiais. Ao saber que iria para a delegacia, Jobson desacatou os policiais.

O polêmico jogador teve de assinar um termo circunstanciado por “desacato, resistência e por dirigir sem habilitação”.

A assessoria de imprensa do jogador divulgou uma nota de esclarecimento na qual Jobson se defende.

“Na noite do último domingo, o jogador estava de folga quando seu veículo foi parado pela policia na cidade de São Caetano do Sul. O atleta não era o condutor do veículo, mas foi conduzido ao 1º DP, pois o amigo que dirigia não era habilitado. O atleta afirma ter testemunhas de todo o acontecimento e se defenderá em juízo de qualquer tipo de acusações envolvendo o seu nome”, trouxe a nota.

 

Tudo o que sabemos sobre:
jobsonfutebolsão caetano

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.