Joel chega para salvar o Flamengo

A derrota para o Vasco, no clássico de sábado, e a queda para a 20ª colocação no Campeonato Brasileiro fizeram o Flamengo tomar algumas atitudes radicais na luta contra o rebaixamento. Contratado às pressas, o técnico Joel Santana se apresentou na manhã desta segunda-feira. E, ao mesmo tempo, o zagueiro Júnior Baiano foi dispensado pela diretoria. Além disso, o vice-presidente de futebol do clube, Gérson Biscotto, entregou o cargo alegando problemas de saúde na família.Mostrando otimismo ao assumir o cargo, Joel lembrou que, em 2004, pegou o Vasco em situação parecida e livrou o clube do rebaixamento no Brasileiro. ?Estou pronto para encarar qualquer desafio. Seja o que for, seja como for?, garantiu o treinador. ?Não vim para comer goiabada com queijo. Vim para trabalhar.?Mas Joel admitiu que ficou surpreso com a proposta flamenguista na reta final do Brasileirão ? ele havia sido demitido pelo lanterna Brasiliense no domingo. ?Não esperava trabalhar mais este ano. Mas estou tendo mais uma oportunidade de trabalhar no Rio?, afirmou o técnico, que foi campeão carioca invicto com o Flamengo em 1996.Já Andrade deixa o comando do Flamengo e voltará a exercer função de auxiliar-técnico. ?Não tem esquema tático que sobreviva aos erros individuais, de arbitragem e às expulsões?, desabafou.Em seu primeiro treino, Joel já mexeu na forma da equipe jogar, com forte marcação no meio-de-campo. Tanto que escalou os titulares, durante o coletivo, com quatro volantes (Diego Souza, Augusto Recife, Jônatas e Renato) - o próximo jogo é com o Juventude, quarta-feira, em Caxias do Sul.

Agencia Estado,

24 de outubro de 2005 | 20h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.