Wilton Júnior/AE - 04/09/2010
Wilton Júnior/AE - 04/09/2010

Joel critica vacilo e chances perdidas pelo Botafogo

Insatisfeito com o empate por 1 a 1 em casa, técnico reclama de gol sofrido nos minutos finais

AE, Agência Estado

27 de setembro de 2010 | 11h23

O técnico Joel Santana demonstrou grande insatisfação com o empate diante do Atlético Paranaense, por 1 a 1, após o Botafogo sofrer um gol aos 45 minutos do segundo tempo. Em sua avaliação, a equipe deveria ter aproveitado melhor as chances que criou. E não poderia vacilar já no fim da partida.

Veja também:

linkBotafogo bobeia no final e empata com o Atlético-PR por 1 a 1, no Engenhão

"É complicado, pois o time está tomando gols nos minutos finais não é de hoje, vem desde o Campeonato Carioca. Tivemos três chances de matar o jogo no primeiro tempo e desperdiçamos. Isso dá esperança ao adversário. Mas estávamos com a partida controlada, tivemos uma falha bisonha e levamos o gol", criticou o treinador, insatisfeito com o empate em casa.

Embora irritado, Joel eximiu Elizeu, que perdeu a bola e permitiu o contra-ataque que resultou no gol atleticano. "Não vou crucificar o Elizeu, nem executá-lo. Acontece com qualquer um, não podemos transformar em uma catástrofe. Se há um responsável, sou eu", garantiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.