Joel escala Lopes para atacar o São Paulo

O Fluminense quer esquecer temporariamente o Campeonato Brasileiro, em que está na zona de rebaixamento, e volta suasatenções para a Copa Sul-Americana. Nesta quarta-feira, o Tricolor carioca decide uma das vagas para a final da competição enfrentando o São Paulo, às 21h40, no Maracanã. Somente uma vitória por dois gols de diferença dá a classificação ao time das Laranjeiras. O técnico Joel Santana tinha esperanças de poder contar com o poder de decisão do atacante Romário. O jogador está recuperado de um estiramento muscular, mas alegou ?falta de confiança? para entrar em campo contra os paulistas. Ele só deve voltar na partida com o Atlético-PR, sábado, pelo Brasileiro. Como o time precisa fazer gols e não tem Romário, Joel optou por fugir à sua principal característica: a de retranqueiro. Sendo assim, ele decidiu armar um esquema mais ofensivo e voltou a escalar dois armadores, abolindo os três volantes. Com isso, o meia Carlos Alberto não ficará sozinho na responsabilidade de municiar o ataque. Ele terá a companhia de Lopes, que retorna à equipe após uma temporada na reserva. ?O Lopes é um grande jogador. Espero que ele jogue bem e nos ajude a obter a vaga?, afirmou Joãozinho, que permanece no ataque ao lado de Sorato. O atleta reconhece a necessidade de uma vitória para acalmar os ânimos nas Laranjeiras e aumentar o moral do grupo e, assim, recuperar-se no Brasileiro. ?Depois de garantirmos a classificação, voltaremos a pensar no Brasileiro. Temos que ter atenção desde o início para evitar o que ocorreu no primeiro jogo?, disse Joãozinho, referindo-se ao gol sofrido nos minutos iniciais da partida contra o São Paulo. Joel optou por improvisar Zada na lateral-direita. ?Ele já jogou nesta posição e rende bem?, disse o treinador. Na esquerda, como Júnio César não foi inscrito, ele voltou a escalar Jadílson.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.