Joel faz reunião com elenco após críticas de Loco Abreu

Apesar da vitória sobre o Duque de Caxias, na noite de quinta-feira, na estreia no Campeonato Carioca, o clima ficou quente no Botafogo. Depois das críticas feitas pelo atacante uruguaio Loco Abreu à atuação do time, o técnico Joel Santana reuniu o elenco na tarde desta sexta e fez uma reunião de quase duas horas para acabar com a turbulência.

AE, Agência Estado

21 de janeiro de 2011 | 20h57

"Temos que mudar nossa forma de jogar. É só marcação, marcação, marcação. O outro time sempre tem mais posse de bola e estamos sempre correndo atrás dela. Não dá", reclamou Loco Abreu, logo depois da vitória sobre o Duque da Caxias. As críticas irritaram Joel. "Esse Loco está falando muito. Se ele não concorda com algo, venha falar comigo", disse o técnico.

Diante disso, Joel reuniu o elenco para uma reunião nesta sexta-feira. "Quando não acontece da maneira que acho que deve acontecer, preciso reunir os jogadores e colocar as coisas no seu devido lugar. Tomamos decisões, ouvimos os atletas, colocamos o que devíamos colocar e pronto. O futebol é assim. É minha função colocar o trem dentro do caminho ou desviar da tempestade, para não criar turbulência", explicou o treinador, após o encontro com o grupo.

Segundo Joel, Loco Abreu pediu desculpas pelo comentário e disse que foi mal interpretado, pois não queria criticar o trabalho do treinador. Assim, o Botafogo parece ter superado a sua primeira turbulência na temporada, já tratando de pensar no próximo desafio: enfrenta a Cabofriense no domingo, pela segunda rodada do Campeonato Carioca.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogoJoel Santana

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.