Divulgação/Vasco
Divulgação/Vasco

Joel lamenta empate com a Ponte Preta, mas elogia atuação do Vasco

Com o resultado, equipe carioca chega a 55 pontos, na terceira colocação, cinco à frente do quinto colocado Ceará

Estadão Conteúdo

26 de outubro de 2014 | 11h13

O técnico Joel Santana saiu do gramado de São Januário lamentando o empate de sua equipe diante da Ponte Preta, por 1 a 1, no último sábado, pela 32.ª rodada da Série B. Se o resultado não foi o esperado pelo treinador e deixou o time carioca ainda em situação incômoda na briga pelo acesso, o futebol apresentado em campo deixou o comandante satisfeito.

"Em uma competição como essa, tão difícil, tem momentos que a equipe oscila, e a dificuldade que nós temos, machuca um, machuca outro... Eu não quero mexer no time porque eu quero. Hoje (sábado) eu achei a equipe bem composta e organizada no seu setor, na saída de bola, na marcação, nós alugamos o meio de campo. Se nós vencêssemos, seria tão boa a atuação como nós fizemos com o Joinville", declarou.

Para Joel, o Vasco dominou a Ponte Preta e não conseguiu traduzir a soberania em mais gols. Em um contra-ataque, acabou castigado. Com o resultado, chegou a 55 pontos, na terceira colocação, cinco à frente do quinto colocado Ceará. A liderança é justamente da Ponte, com 61 pontos.

"Você não encontra o gol, toma um contra-ataque em uma bola parada... Mas nós estamos no caminho. Gostaríamos de ter vencido porque nós íamos precisar de sete pontos (para subir), infelizmente isso não aconteceu. Agora vamos precisar de nove ou dez. Mas tem seis jogos ainda pela frente. Vamos esperar, degrau a degrau, é assim mesmo", apontou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BVascoJoel Santana

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.