Joel minimiza escalação do Inter e pede Botafogo atento

Embora o técnico Celso Roth já tenha antecipado que o Internacional entrará em campo com uma equipe reserva, Joel Santana procurou minimizar a escalação do adversário. Para ele, o Botafogo será surpreendido se entrar desatento no confronto de domingo.

AE, Agência Estado

20 de novembro de 2010 | 11h17

"Estamos jogando contra o Internacional. O jogo não vai ser fácil. Se pensarmos em jogo fácil, vamos ser derrotados. Vamos com o máximo de respeito possível para enfrentar uma grande equipe", afirmou o técnico botafoguense. "Não interessa como o adversário vem, mas que é um grande clube".

Preocupado com a partida, Joel lembrou a última rodada do Campeonato Brasileiro do ano passado, quando o Flamengo teve grandes dificuldades para superar os reservas do Grêmio e ficar com o título. "Podemos esperar a mesma dificuldade do Flamengo com o Grêmio ano passado, cuspiu sangue para vencer", comparou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.