Joel pede para Botafogo 'jogar a vida' contra o Inter

Técnico minimiza fato de que adversário deve entrar com o time reserva no domingo

AE, Agência Estado

16 de novembro de 2010 | 13h29

Após o Botafogo perder a quarta colocação no Campeonato Brasileiro para o Atlético Paranaense, o técnico Joel Santana afirmou nesta terça-feira que sua equipe precisa se recuperar o mais depressa possível. E minimizando a escalação do Internacional para a partida de domingo, ele pediu para seus atletas "jogarem a vida".  

 

 

Veja também:

BRASILEIRÃO - tabela Classificação | lista Resultados

especial SIMULADOR DO BRASILEIRÃO

Preocupado com o Mundial de Clubes da Fifa, o técnico Celso Roth já antecipou que poupará parte dos titulares. "Vamos jogar é contra o Internacional, não sei se juvenil ou dente de leite. Conheço o clube, trabalhei lá, sei que temos que respeitar", garantiu Joel Santana.

"Vamos jogar a nossa vida. Não estou pensando no problema deles, mas nos nossos. É uma decisão de Brasileiro e de Libertadores. Representa muito para o clube, torcida e patrocinadores", acrescentou o treinador.

Apesar de receoso com o adversário, Joel avaliou que o Botafogo tem boas condições de triunfar."A equipe está trabalhando forte para um jogo difícil. Precisamos vencer, essa é a palavra. Nós, com a torcida, direção e jogadores, estamos fechados para esse jogo", finalizou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.