Oliver Weiken/EFE
Oliver Weiken/EFE

Joel Santana é demitido do comando da África do Sul

Técnico não resiste à sequência de derrotas nos últimos jogos e deixa a seleção anfitriã da próxima Copa

Redação

19 de outubro de 2009 | 13h38

A anfitriã da Copa do Mundo de 2010, a África do Sul, demitiu o técnico brasileiro Joel Santana nesta segunda-feira, confirma a  Associação de Futebol Sul-Africano. "O cargo está imediatamente vago", disse Raymond Hack, chefe executivo da entidade.

Torcedores e dirigentes da entidade sul-africana estavam insatisfeitos com o técnico e pediam sua saída principalmente após a derrota para a Islândia, na semana passada. Esta foi a oitava derrota do time em nove jogos disputados desde junho.

A equipe sofre com a pressão para conseguir um bom resultado na próxima Copa do Mundo, em junho de 2010, por ser sede e pelo histórico de que uma seleção anfitriã nunca foi eliminada na primeira fase do torneio.

Já Joel Santana, que assumiu o lugar que era de Carlos Alberto Parreira (que saiu por problemas de saúde com sua esposa) há 18 meses, passou por problemas como a dificuldade em falar em inglês, principalmente por seu estilo extrovertido. Ele foi o 15.º técnico do time em 15 anos, e seu desempenho, em 27 jogos, foi de 10 vitórias, três empates e 14 derrotas.

O futuro técnico da seleção sul-africana ainda não está decidido. (com Reuters)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.