Joel Santana é demitido do comando da África do Sul

O brasileiro Joel Santana foi demitido nesta segunda-feira do comando da seleção sul-africana de futebol. Ele não resistiu aos maus resultados da equipe, que perdeu nove das últimas dez partidas disputadas.

AE, Agencia Estado

19 de outubro de 2009 | 13h54

Joel chegou à África do Sul há um ano e meio, substituindo Carlos Alberto Parreira, que abandonou o cargo por problemas familiares. Agora, Parreira é o favorito para reassumir o comando da equipe, que já está classificada como país-sede para a Copa do Mundo de 2010.

A passagem de Joel Santana pela seleção sul-africana foi marcada pela constante pressão da imprensa do país sobre o treinador. Na época da Copa das Confederações, em junho, ele chegou a se indispor com Bora Milutinovic, técnico do Iraque, e um dos cotados para substituí-lo na época.

Para melhorar seu relacionamento com a imprensa e os jogadores, Joel frequentou aulas de inglês e esforçou-se para comunicar-se na língua. Mas os resultados da equipe não ajudaram. Desde a segunda rodada da Copa das Confederações a equipe não vencia.

Em competições oficiais sob o comando do brasileiro, foram dez partidas, com três vitórias, dois empates e cinco derrotas. Os sul-africanos não conseguiram nem sequer uma vaga na Copa Africana de Nações de 2010, que será disputada em Angola.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolÁfrica do SulJoel Santana

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.