Joel Santana pede garra para o Flu

Na preleção para o jogo desta quarta-feira à noite com o Fortaleza, o técnico do Fluminense, Joel Santana, vai pedir que o time repita o que fez no segundo tempo da partida contra o líder do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro, quando foi buscar o empate depois de estar em desvantagem de dois gols. O confronto com o Fortaleza está marcado para o Estádio Castelão, na capital do Ceará, com início previsto para as 20h30. "Temos que demonstrar garra, espírito de luta, honrando a tradição do clube para poder sair desta situação incômoda", disse Santana, referindo-se ao jejum de vitórias do Fluminense - nos últimos sete jogos, perdeu seis e empatou um. Ele espera contar com o meia Carlos Alberto, que teve uma indisposição a poucos minutos da partida contra o Cruzeiro, no sábado, e ficou fora do clássico. Hoje, o atleta treinou bem no campo do hotel onde o Fluminense está hospedado, a 25 quilômetros do centro de Fortaleza. Não sentiu nada e a tendência é a de que jogue. Se não tiver condições, deve ser substituído por Lopes. Joel Santana só vai anunciar a equipe no Castelão. Faz mistério para atrapalhar a estratégia do adversário. Romário está confirmado no ataque. Ele foi o centro das atenções hoje, no hotel, e teve de dar atenção especial a uma pequena multidão, ávida por autógrafos e fotografias ao seu lado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.