Joel Santana quer conter ânimo do time do Flamengo

Treinador flamenguista tenta manter jogadores focados na partida diante do Atlético-PR

16 de novembro de 2007 | 18h32

O elenco do Flamengo fez treinos físicos na manhã desta sexta-feira, na Gávea, em preparação para a partida contra o Atlético-PR, dia 25, no Maracanã, que pode selar a classificação rubro-negra para a Taça Libertadores com uma rodada de antecedência. Uma vitória carioca somada a uma derrota do Cruzeiro para o Sport, no Recife, garante a vaga.  O técnico Joel Santana sabe da importância do jogo e sua maior preocupação é segurar os ânimos dos atletas, cada vez mais exaltados com a força que vem das arquibancadas. Depois da vitória contra o Santos, os jogadores chegaram a simular uma volta olímpica, agradecendo o apoio dos mais de 87 mil torcedores que foram ao Maracanã.  "O Atlético-PR é um time perigoso, que sabe jogar bem fora de casa. O Ney Franco (técnico da equipe) é competente e já trabalhou aqui no Flamengo", comentou Joel. "Uma vitória nos deixará bem perto da vaga , o que aumenta nossa responsabilidade. Só quem tem a perder somos nós", alertou.  A única preocupação do treinador, quanto ao time que entrará em campo, será encontrar um substituto para o brioso Toró, que conquistou a torcida rubro-negra por sua raça. O apoiador recebeu o terceiro amarelo e está suspenso. O provável é que Renato Augusto seja recuado para jogar como meia. Com Maxi voltando a formar dupla de ataque com Souza. O time folga este fim de semana e volta a treinar na segunda à tarde

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.