Joel Santana se despede do Flamengo

Joel Santana não será o técnico do Flamengo em 2006. Ele alegou compromisso moral para anunciar que trocará o Rio de Janeiro pelo Japão, onde comandará um time da Segunda Divisão. A proposta, segundo o treinador, foi irrecusável. Um dos responsáveis por livrar o Flamengo do rebaixamento, Joel Santana tem o carinho de todos na Gávea. É tratado na rua e na sede do clube como ídolo. ?Com o coração na mão?, ele decidiu no domingo à noite que deixaria o Rubro-Negro. Nesta segunda, ele comunicou a escolha para o homem-forte do futebol do Flamengo, o ex-presidente Kléber Leite.?Um dia ainda vou voltar ao Flamengo. A decisão era difícil, relutei, mas tinha um compromisso moral com os japoneses?, declarou Joel Santana, que foi homenageado com uma camisa rubro-negra, assinada por todos jogadores. Ele deixa o clube invicto. Em nove partidas, ele conquistou seis vitórias e três empates. Um retrospecto inimaginável para um time que, segunda a própria torcida, parecia sem força para reagir. Quando Joel Santana assumiu o comando do Flamengo, por exemplo, os matemáticos afirmavam que o clube tinha 80% de possibilidade de disputar a Segunda Divisão em 2006.Cogitados ? Abel Braga e Vanderlei Luxemburgo são os nomes mais cotados para assumir o Flamengo. O primeiro, porém, ainda tem vínculo contratual com o Fluminense. E o ex-treinador do Real Madrid deverá pedir um salário muito alto, o que complica o êxito da negociação.

Agencia Estado,

05 de dezembro de 2005 | 19h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.