Joel Santana se irrita com vaias

O técnico Joel Santana ficou indignado com as críticas dos torcedores, que o classificaram de burro, após a vitória sobre o Peñarol, pela Taça Libertadores da América. "Vivo de resultados. Será que eles acham que vou fazer meu trabalho errado, só para me prejudicar?", indagou o treinador.O lateral-direito Maricá, um dos mais criticados pelos torcedores, disse que as vaias só servem para prejudicar a equipe. Segundo o jogador, seu "consolo" é saber que se está sendo vaiado é porque sabem que seu rendimento pode ser melhor.Outro que vem enfrentando problemas com os torcedores é o meia Paulo Miranda, que preferiu não polemizar.O artilheiro Romário foi um dos poucos do elenco que deu razão aos torcedores, mas afirmou que ser vaiado faz parte da história do futebol. "Fui torcedor e, quando ia aos jogos do América, se o time não ia bem, eu também vaiava." Para a partida contra o Americano, amanhã, Maricá deve permanecer na lateral-direita, porque Clébson ainda não se recuperou de contusão.Depois do técnico do Flamengo, Zagallo, que cobrou para conceder uma entrevista a um jornalista estrangeiro, o atacante Romário decidiu seguir o exemplo do treinador. O artilheiro informou que se algum jornalista estrangeiro quiser entrevistá-lo, deverá pagar uma quantia de US$ 15 mil. O craque disse que todo dinheiro arrecadado será revertido para a Fundação Romarinho, que cuida de crianças carentes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.