Joel Santana vai permanecer no Guarani

Ainda na disputa da Copa do Brasil, o Guarani também se arma para o Campeonato Brasileiro, onde inicia a competição com o objetivo de evitar o rebaixamento. A diretoria começa a pensar em reforços, mas antes disso confirmou a presença do técnico Joel Santana, que balançou durante todo o Campeonato Paulista.A permanência do técnico foi o ponto inicial para a reformulação no elenco. Vários jogadores devem ser liberados, mas a lista está sendo mantida em sigilo para não atrapalhar a campanha do time na Copa do brasil. O Guarani está na terceira fase e aguarda o vencedor do confronto entre Santo André e Atlético Mineiro.Mas a lista de reforços é grande. O primeiro, inclusive, já chegou: o volante Marcos Alexandre, de 24 anos, que defendeu o União Barbarense no Paulistão. O clube ainda procura dois laterais, um para cada lado, dois volantes, um meia e dois atacantes. Praticamente fora dos planos estão o lateral-direito Junior, o meia argentino Liberman e o atacante Ludemar.Embora não tenha firmado parceria com o Iraty, do Paraná, o Guarani deve receber alguns jogadores. Os mais cotados são o meia Adriano e o atacante Galvão, ex-União São João. Outro que pode vir é o zagueiro Neguinho. O empresário Juan Figer também deve ceder ao clube o volante Flávio, vinculado ao Palmeiras e que ano passado defendeu o Internacional no Brasileiro.Como só vai jogar pela Copa do Brasil dia 14 de abril, os jogadores voltaram aos treinamentos nesta terça-feira com baterias de exercícios físicos sob o comando de Lino Fachini Júnior. A grande preocupação é o atacante Viola, que sofreu uma contratura muscular e deve ficar mais 10 dias fora dos treinos com bola.

Agencia Estado,

30 de março de 2004 | 18h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.