Joel tenta manter espírito de humildade no Flamengo

Após goleada por 5 a 1 no Duque de Caxias, técnico se preocupa com 'salta alto' dos jogadores

28 de janeiro de 2008 | 19h24

Com duas goleadas seguidas, o Flamengo começou a confirmar a condição de favorito ao título do Campeonato Carioca, mas o técnico Joel Santana pede respeito e humildade diante do Macaé, nesta quarta-feira, no Maracanã, lembrando que o rival tirou dois pontos do Fluminense na noite de sábado, com o empate por 2 a 2. Os jogadores parecem ter aprendido a lição. "O jogo do Macaé contra o Fluminense serve de exemplo para a nossa equipe. Temos que ter a atenção redobrada para evitar qualquer tipo de problema", pediu o volante Íbson, autor de dois gols na goleada por 5 a 1 sobre o Duque de Caxias. "Temos de nos manter concentrados para não perder pontos diante dos times considerados pequenos." O Flamengo lidera sozinho o Grupo A, com 9 pontos, dois a mais que o Fluminense, graças ao tropeço do rival diante do Macaé.

Tudo o que sabemos sobre:
FlamengoJoel SantanaCarioca

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.