Jogador alemão que se vestiu de Hitler pede desculpas

Andre Gumprecht diz que cometeu um erro grosseiro e estúpido ao utilizar a fantasia do ditador

Ansa

27 de fevereiro de 2008 | 11h28

"Foi um erro grosseiro e estúpido. Estou triste e peço desculpas a todos que ofendi com o meu gesto. Farei qualquer coisa para me perdoarem". Foi o que afirmou Andre Gumprecht, jogador alemão do Central Coast Mariners, time da primeira divisão australiana. Gumprecht havia se fantasiado de Adolf Hitler em uma festa do final de temporada do campeonato de futebol da Austrália. As fotos do atleta em uniforme militar e com o típico bigode de Hitler foram publicadas nos principais jornais australianos, desencadeando vários protestos da comunidade judaica. A Federação Australiana (FFA) condenou o ato do alemão, definindo-o como "intolerável".

Tudo o que sabemos sobre:
nazismofutebol australiano

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.