Jogador amador morre na Argentina dias após levar tijolada

Franco Nieto disputava partida da Liga de Aimogasta quando foi atingido na cabeça; jogo foi encerrado com oito expulsões

Reuters

03 de dezembro de 2014 | 18h15

Um jogador que disputava partida de uma liga amadora na Argentina morreu nesta quarta-feira, quetro dias depois de levar uma tijolada na cabeça, após uma briga generalizada envolvendo atletas e torcedores.

Franco Nieto, de 33 anos, defendia o Tiro Federal, que no sábado encarava o Chacarita Junior, pela Liga de Aimogasta, torneio que acontece na província de La Rioja, no norte do país. O duelo acabou suspenso no fim do segundo tempo, com oito expulsões.

O jogador deixava o campo quando foi atingido. Segundo o jornal, os dois autores da agressão foram identificados, sendo ambos torcedores do Chacarita. Um deles, menor de idade, seria quem arremessou o tijolo.

De acordo com a mesma publicação, o primo de Nieto, que estava no campo, afirmou a uma rádio local que dois jogadores da equipe adversária é que lançaram o objeto, e que pode reconhecer os dois.

Nieto chegou a ser operado na última terça-feira, em urgência, mas o resultado não foi positivo. O atleta estava em 'estado vegetativo', conforme afirmou o diretor do hospital, Rafael Fernández, em declarações a imprensa argentina.

Tudo o que sabemos sobre:
FutinterFutebolCampeonato Argentino

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.