Jogador atende celular durante amistoso realizado na Ucrânia

Volodymyr Kozlenko, do Olimpik Donetsk, estava com aparelho no bolso durante partida válida por torneio amistoso

O Estado de S. Paulo

22 de janeiro de 2015 | 14h38

Uma cena insólita durante uma partida de um torneio amistoso realizado na Ucrânia: o jogador Volodymyr Kozlenko foi flagrado conversando no celular durante o jogo entre sua equipe, o Olimpik Donetsk e o Energiya New Kakhova. Depois das imagens serem divulgadas, a diretoria do clube ficou irritada e a federação local puniu o atleta e os árbitros. 

Tudo corria normalmente na partida, organizada pela federação de futebol da região de Kiev, capital da Ucrânia, quando Kozlenko, que joga pelo lado esquerdo da defesa de sua equipe, começou a mexer no bolso. De repente, ele pega o aparelho e parece digitar mensagens de texto em meio à marcação em cima dos atacantes adversários.

Entre um chegada mais firme e outra, o jogador arruma tempo para atender uma chamada e passa boa parte da partida assim, verificando seu aparelho de tempos em tempos.

Em um comunicado oficial, o Olimpik afirmou que o que o jogador fez pode ser considerado como “antifutebol” e uma “palhaçada”. A Federação de Futebol da região de Kiev também se manifestou e puniu Kozlenko, que não poderá mais jogar no torneio. Ainda sobrou para o árbitro da partida, Oleksy Drachov, e para os seus assistentes. Eles foram suspensos por não terem percebido que o jogador estava com o celular.

Em campo, o Olimpik Donetsk perdeu o jogo, válido pela fase de grupos do torneio, por 2 a 1. 

Tudo o que sabemos sobre:
Futebol InternacionalAmistoso

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.