Jogador da Inter pode ser suspenso por suposta 'humilhação'

Argentino Walter Samuel teria emitado um pato após marcar o gol da vitória sobre o CSKA Moscou

25 de outubro de 2007 | 17h59

Conhecido por muitos como sendo um jogador desleal, o argentino Walter Samuel pode sofrer uma punição pelo Comitê Disciplinar da Uefa, mas não por uma agressão, mas sim pela comemoração que fez no gol da vitória de sua equipe, a Inter de Milão, por 2 a 1 diante do CSKA Moscou, na quarta-feira, em Moscou.   Na ocasião, Samuel marcou o gol de cabeça e contou com a ajuda do goleiro do CSKA, Venyamin Mandrykin. E, na comemoração, o jogador argentino fez um gesto como se estivesse imitado um pato.   Na Itália, tal erro é considerado "papera", ou seja, pato, enquanto no Brasil é chamado de "frango". Sendo assim, a UEFA analisará o caso para saber se Samuel estava ridicularizando o goleiro adversário.   Algo parecido aconteceu na Liga dos Campeões da Uefa de 2004, quando o brasileiro Roberto Carlos imitou um frango ao marcar um gol no goleiro alemão, Oliver Kahn, do Bayern de Munique. O jogador foi suspenso por dois jogos.

Tudo o que sabemos sobre:
Liga dos Campeões da Uefa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.