Alessandro Garofalo/Reuters
Alessandro Garofalo/Reuters

Jogador da Lazio é suspenso por comentário racista no clássico com a Roma

O bósnio Senad Lulic ofendeu Antonio Rüdiger, zagueiro alemão com família de Serra Leoa

Estadão Conteúdo

22 de dezembro de 2016 | 16h43

O meio-campista da Lazio Senad Lulic foi punido nesta quinta-feira pelos comentários racistas sobre o adversário Antonio Rüdiger no clássico diante da Roma, no último dia 4, pelo Campeonato Italiano. O jogador bósnio foi suspenso pela federação de futebol local por 20 dias e multado em 10 mil euros (R$ 34,6 mil).

"Rüdiger já estava nos provocando mesmo antes do jogo. Há dois anos, ele vendia meias e cintos em Stuttgart. Agora, age como se fosse algum fenômeno. Não é sua culpa, foram aqueles em volta dele que não o ensinaram boas maneiras", comentou após a derrota por 2 a 0 no clássico. Questionado por suas declarações na saída do estádio, Lulic negou ter sido racista. "Pessoas brancas também vendem meias", disse.

No dia seguinte ao jogo, o bósnio se desculpou e disse que apenas reagiu para se "defender de outra provocação". "Eu venho de um país que conhece as tragédias causadas por preconceitos étnicos. Por isso, peço desculpas por ter me deixado levar pelas tensões após o clássico e por ter me expressado de maneira inoportuna", disse, na época.

Como a temporada italiana vive neste momento uma pausa para as festividades de fim de ano, Lulic desfalcará a Lazio em somente uma partida com a suspensão, diante do Crotone, dia 8 de janeiro, pelo Italiano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.