Jogador da LDU é suspenso por 2 anos por alterar idade

A Federação Equatoriana de Futebol anunciou nesta sexta-feira a decisão de suspender por dois anos o volante da LDU conhecido como Gonzalo Chila, por falsidade ideológica. Seu verdadeiro nome é Angel Cheme e sua idade é 29 anos, e não 25, como alegava.

AE-AP, Agência Estado

10 de dezembro de 2010 | 14h49

"Não se aceitou a desculpa do jogador por ser um fato público e notório, que chocou o âmbito esportivo nacional e principalmente o futebol", explicou o secretário da entidade máxima do futebol equatoriano, Enrique Moreno.

O volante da LDU decidiu adulterar sua identidade para reduzir sua idade em quatro anos e, com isso, ter mais chances de assinar contrato com uma equipe da primeira divisão. A acusação contra Cheme foi feita pelo verdadeira Gonzalo Chila, um pastor evangélico, no início desta semana.

O vice-presidente do clube equatoriano, Patricio Torres, informou que "o jogador, devido à sua condição psicológica, não esteve presente (para ouvir a punição)" e que "a LDU não pretende protestar contra a decisão".

A punição ao jogador acontece em um momento muito importante para a LDU. A equipe disputa a decisão do Campeonato Equatoriano contra o Emelec. Na primeira partida da final, venceu por 2 a 0.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolLDUsuspensãoAngel Cheme

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.