Jogador da seleção alemã estaria na máfia de apostas

O mais novo escândalo de manipulação de apostas na Alemanha pode superar em gravidade o caso Hoyzer, ex-árbitro que virou jogador de futebol americano após envolvimento com apostadores croatas. Nesta quarta-feira, o programa ?Plusminus?, da TV estatal alemã ARD, divulgou depoimento de um informante afirmando que muitos jogadores da Bundesliga estariam envolvidos na máfia de apostas, entre eles um jogador da seleção alemã. ?Eu estava pessoalmente presente num dos diálogos. Na ocasião, um jogador da Bundesliga disse: ´Amanhã a gente vai perder´. E, então, ele aceitou 10 mil euros contra sua própria equipe?, afirmou o informante à ARD.Segundo o informante, vários dos chefões do esquema estabeleceram contatos com jogadores profissionais. Um deles encontrava sempre com estes jogadores, que também faziam suas próprias apostas. Pelo celular, os chefões informavam seus cúmplices por toda a Europa, passavam o arranjo dos jogos antes e faziam apostas em diferentes casas no valor de 100 euros. Desta maneira, ainda segundo o informante da ARD, a manipulação näo poderia ser identificada. No fim do jogo, os chefões contabilizavam os ganhos e os jogadores recebiam os ?honorários?.De acordo com o programa ?Plusminus", a máfia de apostas tem conexões por toda a Europa. ?Conheço todos. O Hoyzer e o Ante Sapina, em Berlin, säo apenas peixes pequenos. Também na Bélgica, onde a polícia também investiga um escândalo de apostas, já sabemos de tudo". Na Europa, segundo informações das casas mais famosas de apostas da Alemanha, circulam cerca de 4 bilhões de euros por ano.Beckenbauer indignado - Depois de um mês cheio de atritos com Klinsmann por causa da seleção alemã e pela ausência do técnico no workshop da Fifa, em Düsseldorf, o Kaiser Franz Beckenbauer recebeu nesta quarta, em Berlim, mais uma ?bomba? a 85 dias do início da Copa do Mundo. Em evento para divulgar o sistema de transporte durante a Copa, no Ministério do Transporte, Beckenbauer mostrou-se indignado com o possível envolvimento de um jogador da seleção nacional no escândalo de apostas.?Bem, eu näo posso imaginar. Isso é destruidor. E com certeza chegará ao mundo todo?, afirmou o Kaiser. "É inacreditável o que está acontecendo. Isso näo contribui em nada para nossa organização do Mundial? alerta. Irritado com a situação, Beckenbauer näo perdoa o atleta envolvido. ?Um jogador da seleção nacional deve ganhar dinheiro suficiente para evitar tais aventuras de apostas?.A promotoria de Munique, local onde o programa "Plusminus" conversou com o informante, vai dar continuidade à investigação para apurar as denúncias. ?Já estamos abrindo um inquérito?, disse o porta-voz da Promotoria, Anton Winkler. ?Ainda näo há nenhum contato direto, mas vamos continuar tentando que este informante venha até a Promotoria para depor?, ressaltou Winkler. ?Então, veremos o que há de verdadeiro?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.