Jogador da seleção iraniana causa polêmica na Alemanha

Jogador da seleção iraniana e do Hamburgo - atual vice-líder do Campeonato Alemão -, o meia Mehdi Mahdavikia está causando polêmica na Alemanha. Segundo acusação do jornal Bild divulgada nesta quarta-feira, ele mantém dois casamentos ao mesmo tempo e as duas mulheres vivem a apenas dois quilômetros de distância uma da outra.Mahdavikia vive há 8 anos com sua primeira mulher, Sepideh, de 28 anos, com quem tem uma filha de 7 anos. O que não era conhecido é que o jogador também estava casado com outra mulher, Samira, também de 28 anos. Os dois se conheceram no meio do ano passado e casaram-se em Teerã, capital do Irã, no último 27 de dezembro. De acordo com o Bild, até agora Sepideh não conhecia a segunda esposa. E segundo Samira, quando o jogador a conheceu disse que estava separado, mas que precisava dormir na casa de Sepideh porque sua filha ?sentia saudades? do pai.CrimeA bigamia é proibida na Alemanha, mas Mahdavikia não pode ser processado porque seu primeiro casamento com Sepideh também foi no Irã. Portanto, ele não está ao alcance da Justiça alemã. Mahdavikia já estaria separado de Samira, mas continua casado legalmente. O jogador, inclusive, teria parado de pagar o aluguel da casa onde ela mora, que custa cerca de 3 mil euros.Nome quase certo na seleção iraniana que vai disputar a Copa do Mundo na Alemanha, Mahdavikia disse que esse caso é uma invenção. "Eu estou muito aliviado por tudo ter chegado ao público. Eu fui seduzido neste caso", declarou o jogador ao Bild. "Alguém quer destruir meu casamento com Sepideh. Ela sabe de tudo e está ao meu lado."

Agencia Estado,

12 de abril de 2006 | 12h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.