Jogador do Bahia vítima de AVC é transferido para Salvador

Meia Cléberson Luciano Frolich, de 31 anos, já consegue respirar sem a ajuda de aparelhos

Tiago Décimo, do Estadão,

31 de outubro de 2007 | 16h43

O meio-campista do Bahia Cléberson Luciano Frolich, conhecido como Cléber, de 31 anos, internado no Natal Hospital Center, na capital potiguar, desde o dia 22, quando sofreu um acidente vascular cerebral (AVC), chegou, no início da tarde desta quarta-feira a Salvador (BA). O jogador foi transportado em uma UTI aérea cedida pelo governo baiano e levado ao Hospital Espanhol, onde permanece internado, em coma induzido, sem previsão de alta. Cléber teve o AVC no hotel em que a delegação do time baiano ficou hospedada depois de um jogo contra o ABC, de Natal (RN), válido pela Série C do Campeonato Brasileiro. Escalado entre os reservas, Cléber não atuou. O Bahia perdeu a partida por 4 a 3. Segundo o médico do Bahia, Marcos Lopes, o estado do jogador é estável, ele já consegue respirar sem a ajuda de aparelhos, mas ainda é cedo para determinar se Cléber vai ter seqüelas causadas pelo AVC. Para o médico, o jogador, que tem contrato com o Bahia até o fim de novembro, não vai poder voltar a jogar.

Tudo o que sabemos sobre:
EC Bahia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.